Acaso
anoiteço.
          tomo um 
gole de
realidade
acompanhado de
        uma porção fria de 
Solidão.

e tudo 
        torna-se 
nada

  e o nada
                  Infinito; 

a madrugada
        testemunha
a colisão
dos teus olhares rasos
               com os meus,
que são profundos;
                   afogo-te.

por um instante
                    experimento a
Cegueira!

ela é cheia
              de um vazio
   Sagrado. 
         desperto e desejo.
sinto-me.

no centro
           do vazio
observo-te;
                              gestos contidos;
sorrisos francos;
                   expressão pedinte;

outro gole 
            de realidade 
    e nasce uma
                             súplica:
-Abraça-me.

entrelaçada a ti
                                          abro os meus olhos;
Encontro-te; 
                amanheço
      na brasa de
seus lençóis e
  Perco-me.


23 Responses
  1. Anônimo Says:

    Oi irmã, essa poesia esta muilo linda e muito profunda.
    Sabe quem iria gostar muito dessa poesia, o nosso grande amigo "Werther", se ele estivesse aqui entre nós ainda.
    rsrsrs
    Irmã continue assim fazendo essas poesias lindas, pois é um colírio para nossos olhos e um calmante para nossas tardes agitadas e corridas.
    Muitos beijos...
    Sua Irmã Nai


  2. Nai...Pena Little Jackie não ter a calmaria dos campos que o Werther tinha nessa tarde!

    Te amo Nai.


  3. larissa teiga Says:

    jack sou fan de voce......

    bjos



  4. ana rosa Says:

    nossa que lindo e profundo... parabéns amei...


  5. Tanks Ana.

    Saudade de beber umas e outras e ouvir um som contigo e Gú Machado....

    Beijos e flores.


  6. raoninovaera Says:

    interessante...
    da melancolia ao êxtase digamos assim...
    um beijo no seu coração...
    muita paz e alegria sempreeeeeee...
    Fique com o Pai...
    ;*


  7. Meu querido amigo Raoni....
    Obrigada pelo carinho e muita paz no seu caminho.

    saudade sua.

    Beijos e flores.


  8. Anônimo Says:

    Carmen
    3 de junho de 2011

    Querida e amada Jakie...
    Maravilhosa sua poesia,percebe-se que todo esse conteúdo vem lá do fundo de sua alma e tudo que vem da alma é lindo, verdadeiro e sincero...
    Parabéns...
    Que você continue iluminada hoje e sempre...
    Beijos

    Carmen.


  9. Queridíssima Carmen....

    Você que é iluminada.
    Uma brava iluminada. De braveza e de bravura.

    Beijos e muitas flores no seu caminho.


  10. L. Aguinaldo Says:

    HAHAHA tuas palavras não mais me impressionam. Muito pelo contrário, elas me enchem e de tão cheio acabo por impressionar-me com tanta, tanta...tanta maestria e serenidade em apenas um toque de palavras.
    Do seu eterno fã, admirador e amigo
    ;)


  11. Luiz Macáriooooo.... a recíproca é verdadeira.

    Você sabe do tamanho do meu carinho por ti.
    Obrigada por estar sempre comigo. Bom, pelo menos aqui né, porque, quando não é um é o outro que desaparece.... Mas de certa forma, sempre juntos...dois românticos....

    Amamos o romantismo, vinho e tudo mais que o diabo oferece....hiihihii


  12. Ao ler este lindo texto transportei-me para um ambiente ilusório, onde caminhava contra o vento suave que soprava em meu rosto cada palavra. A sensação era única e maravilhosa.
    Estava ansioso para ver algo novo por aqui. E eis que vem esta verdadeira obra prima. Parabéns, minha querida.
    Super beijo
    Thi


  13. Oi Thi....estive fora uns dias...Dias esses muito tristes e escuros, porém, passou o luto.

    Senti muita falta de blogar e receber carinhos como o seu, que elevam meu espírito e incentivam a melhora da minha escrita.

    Beijos e flores.


  14. Anônimo Says:

    Ah! Little Jackie! Like it would never go away...

    Simplesmente perfeita (como sempre!). Abração e fica com Deus!


  15. Édson...

    The space between
    The tears we cry
    Is the laughter that keeps us coming back for more.

    see you later.



  16. Luana Silva Says:

    Me pegou de surpresa...rs
    É tão bom poder sentir toda a essência que brota de seus lapsos de inspiração, eu sei que você gostaria de escrever com mais frequência do que ultimamente tem conseguido, mas pra mim esse espaço entre uma divagação e outra é que dá o tom certo de todas as obras lúcidas e psicodélicas que surgem das suas mãos.
    Neste em particular percebi toda a sua intensidade, que é o que te faz diferente, especial, única.
    Por isso, continue amando mais, odiando mais, vivendo mais, sofrendo mais, se perdendo mais, se encontrando mais.

    Bjo enorme! Um jardim de flores do campo pra ti


  17. Luh,

    Sempre carinhosa. é muito bom ter sempre o seu apoio, a sua paciência (hehehehe), a tua boa fé.

    Obrigada por estar sempre ao meu lado, me apoiando, me dando força, me ajudando a ser uma pessoa melhor e mais feliz.

    Beijos e flores.


  18. Doni Says:

    Essa foi profunda Jackie!
    Muito bacana tbm.
    Um big bjo!


  19. hehehehe...que bom te ver aqui, quase papai!

    Beijos pra ti e pra Clarinha.


  20. Beatriz Says:

    É incrível como a madruga testemunha tantas coisas.
    Amei seu blog, estou seguindo!

    Me faça uma visita ~> http://eueminhasborboletas.blogspot.com/


  21. Seja bem vinda, Beatriz.

    Beijos e flores.


Postar um comentário

Deixe sua pegada...

Salvar postagem como PDF: PDF
Licença Creative Commons
Este é um trabalho de Jaqueline Zanetti e está licenciado por Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas License.
Baseado em um trabalho para o blog Rota Psicodélica.
  • Eu sou letra simples

    Minha foto
    Ora palavra perdida em frases complexas. Ora frase perdida em textos que de hora em hora contestam a amargura que ora para ser encaixada em versos de rimas doces.